ARSENAL CLAREADOR: 6 TÓPICOS PARA ENTENDER UM TRATAMENTO EFETIVO DE MANCHAS

31 Agosto 2016

292282 632905 acidos
 

 

Basta um descuido e elas aparecem. "As manchas de pele são provocadas, sobretudo, por um pigmento chamado melanina, que dá a cor marrom para a nossa pele, e seu estímulo depende da radiação ultravioleta que vem do sol. Tanto a UVB quanto a UVA podem causar manchas de envelhecimento", explica o dermatologista Dr. Jardis Volpe, de São Paulo. "Novas manchas podem surgir por conta do sol tomado há muitos anos, e por causa disso, novas lesões podem aparecer na mesma região tratada. Se a pessoa continua tomando muito sol, o problema se agrava", explica o dermatologista. Ele acrescenta que a radiação UVA ultrapassa vidros e janelas e pode causar manchas e acelerar o envelhecimento da pele.

A farmacêutica e diretora científica da Biotec Dermocosméticos explica que, para enfrentar o problema, um novo conceito em clareadores utiliza vários ativos que atuarão em pontos diferentes na formação da mancha e com menos irritação. "Os novos produtos também minimizam a inflamação; há um consenso de que a mancha está correlacionada a um estresse oxidativo, que ocorre internamente e que aumenta a oxidação sistêmica", completa a farmacêutica. De forma geral, os especialistas listam seis importantes pontos para combater a hiperpigmentação:

Fortalecimento da junção dermoepidérmica: "Ao melhoramos a ancoragem do local que liga a epiderme e derme, é possível diminuir a migração do pigmento para as camadas mais superficiais", comenta Mika. Ela sugere o ativo Sirhamnose, um oligossacarídeo que possui ação anti-inflamatória e é ligado ao silício, que aumenta a produção de laminina e fortalece a Junção Dermoepidérmica. Como opção em dermocosméticos industrializados, USK Elixir Platinum, da Under Skin, pode ser utilizado para repor proteínas, reparar barreira cutânea e diminuir a degradação da matriz celular dermoepidérmica.

Uso de despigmentantes: Diminuir a transferência da melanina das camadas mais profundas para a superficial é uma forma de diminuir o aparecimento de manchas. O ingrediente Whitessence, um ativo exótico da proteína da jaca, diminui esta transferência, auxiliando no tratamento da mancha, segundo a farmacêutica. Recentemente, a Under Skin lançou USK Advanced Retinol Restorer, que conta com retinol encapsulado em associação a um booster (que aumenta os receptores e eficácia do retinol) e potentes ativos clareadores como alfa-arbutin (padrão ouro em ação despigmentante), ácido tranexâmico (age nos comunicadores celulares, bloqueando o processo inflamatório que causa pigmentação) e Hidroxitirosol da Folha de Oliveira (inibidor da tirosinase - enzima responsável pela produção de pigmento), além de um complexo calmante exclusivo, Pro-SkinCalming™. O produto também estimula a renovação celular.

Estímulo da renovação epidérmica: "Podemos utilizar dois tipos de ativos: o Hyaxel (ácido hialurônico fracionado vetorizado pelo silicio orgânico) que aumenta a reepitelização e melhora a hidratação da pele das camadas mais profundas até a superficial; ou o Pro Barrier Repair, que estimulam a renovação celular e a remoção das células mortas", sugere Dr. Jardis. Uma das novidades do mercado dermocosmético é Alchemy Face Vitalize, da Buona Vita: ele estimula a renovação celular, agindo na proliferação de novas células. Já Clarify, da Pharmapele, conta com ingredientes potentes para clarear e renovar a epiderme, com efeito esfoliante (ácidos glicólico e salicílico).

Diminuição da inflamação: Mika explica que usar ingredientes como Lipex Canola UB, um bioativo rico em fitoesterois com ação anti-inflamatória potente igual à da hidrocortisona, diminui o estado de inflamação da pele, reduzindo a chance de hiperpigmentação da pele em processos irritativos. A Under Skin tem, em sua coleção U.SK Anti-Aging, o sérum antioxidante USK Advanced Defense Booster, que conta com ácido maslínico - um potente antioxidante e anti-inflamatório, em associação a ingredientes que impedem os danos ambientais. O produto também tem ação clareadora.

Aumento de produção energética: "A melhora da energia gera na célula a capacidade de responder melhor e produzir melanina de boa qualidade, o que evita a formação de manchas", explica a farmacêutica. Arct Alg, uma biomassa marinha rica em citrulil arginina, aumenta a vascularização da pele e também triplica a produção energética da célula, melhorando a capacidade de resposta e produção da pele. O sérum Alchemy Face Restore, da Buona Vita, é uma novidade nesse sentido, estimulando metabolismo e ativando a energia celular com um ingrediente 100% fisiológico e composto por oligoelementos.

Diminuir a ação dos raios UVA, Infravermelho A e luz visível: "A curto prazo, estes dois últimos comprimentos de onda causam pigmentação na pele, sendo necessário uma proteção contra os danos causados por eles", explica o dermatologista. Mika recomenda o antioxidante avançado OTZ 10 que protege a pele da formação de radicais livres originados pela luz visível, Infravermelho A, UVA e UVB neutralizando os radicais livres e formando o aminoácido taurina. Na prateleira das farmácias, uma novidade chama a atenção: USK Retinol Antiox Defense, da Under Skin, reduz o dano do raio infravermelho e evita degradação do colágeno, além de clarear e reduzir rugas.

O dermatologista acrescenta, por fim, que em alguns casos tratamentos clínicos com lasers devem ser feitos. Dr Jardis recomenda Spectra Lumina que age nos melanócitos e, em seis sessões quinzenais, trata manchas, olheiras, melhora luminosidade e fecha os poros.

SACs e Preços:

UNDER SKIN - SAC: 0800-7289700 
USK Elixir Platinum - R$ 264,00
USK Advanced Defense Booster - R$ 359,00
USK Advanced Retinol Restorer - R$ 306,00
USK Advanced Retinol Antiox Defense - R$310,00

BUONA VITA - www.buonavita.com.br 
Alchemy Face Restore - R$ 197,00
Alchemy Face VItalize - R$ 200,00

PHARMAPELE - www.pharmapele.com.br
Clarify - R$ 110,00

Galeria de Imagens


Sigam @pautadeluxo no Instagram  

Compartilhar

Posts Relacionados

Mais Recentes

Instagram

siga-nos

Receba novidades e promoções por e-mail: