RUGA CÓDIGO DE BARRA É ELIMINADA COM NOVO PROCEDIMENTO QUE ATUA POR BAIXO DA PELE

22 Junho 2017

 

314386 710093 codigo de barras labios
 

  

As rugas que surgem ao redor da boca por tabagismo, processo natural de envelhecimento e exposição solar são chamadas de código de barra. Por meio de tecnologia minimamente invasiva, Smart Lip Line entrega energia sob a pele e estimula formação de colágeno

As temidas rugas e linhas de expressão que surgem ao redor da boca (periorais) estão ligadas ao processo natural de envelhecimento e são acentuadas com hábitos como tabagismo e fotoexposição excessiva. Chamadas de “rugas código de barra”, elas exigem tratamentos altamente tecnológicos como o Smart Lip Line, procedimento minimamente invasivo e exclusivo do LMG Smart Laser, que atua por baixo da pele e traz resultados em uma sessão, com baixo tempo de recuperação e mínimo de desconforto. “Por meio de um laser de fibra ótica aplicado sob a pele, o laser de comprimento de onda de 1470 nanômetros aquece o tecido dérmico e a ação térmica estimula novo colágeno, melhorando as rugas”, explica o Dr. Francisco Augusto Aquino, médico especialista em laser e membro do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. “Os resultados são alcançados em um único tratamento a laser; e o processo de melhora da textura, flacidez e rugas da pele se estende nos três a 12 meses seguintes”, acrescenta.

De acordo com o especialista, uma fibra óptica muito fina é inserida debaixo da pele e no tecido gorduroso. “A energia do laser entregue pela fibra ótica faz a retração da pele. Como resultado, há o processo de formação de novo colágeno, que elimina as rugas código de barra”, afirma.

O método a laser traz o comprimento de onda exclusivo de 1470 nanômetros, que eleva a temperatura das células dérmicas até 100ºC. “A fibra ótica é muito fina, do tamanho de um fio de cabelo; a anestesia é local e o desconforto é mínimo durante o procedimento”, explica. O furo cicatriza sem deixar vestígio. O aquecimento promovido ajuda a esticar a pele — melhorando o seu aspecto.

Segundo Dr. Francisco, o tempo de recuperação é de um ou dois dias no máximo. O médico ressalta que grávidas e pacientes que usam anticoagulantes e têm doenças sistêmicas em atividade não podem realizar o procedimento. “Quanto aos cuidados pós-procedimento, é ideal usar faixas de compressão e fazer massagens diárias no local”, recomenda. “O que se pede também é que em pelo menos 15 dias não entrar em piscina nem em sauna, fazer uma dieta adequada e evitar bebida alcóolica”, finaliza o médico.

 www.lmglasers.com.br


Sigam @pautadeluxo no Instagram  

Compartilhar

Posts Relacionados

Mais Recentes

Estilo de rua

siga-nos

Receba novidades e promoções por e-mail: