PROCEDIMENTO NÃO INVASIVO DE 5 MINUTOS REJUVENESCE PÁLPEBRAS E ÁREA DOS OLHOS

29 Agosto 2017
 
Procedimento nao invasivo11
 
 
 
 
Ponteira ThermiSmooth é semelhante a uma caneta e entrega calor de maneira precisa na superfície da pele, sem dano pós-procedimento ou tempo de recuperação. Aquecido a 45ºC, colágeno se contrai e garante melhora da flacidez
 
 
A região das pálpebras e, também, a área dos olhos acabam de receber um reforço contra a flacidez: é o ThermiSmooth, procedimento inovador feito com uma ponteira especialmente desenhada (com tamanho semelhante a de uma caneta), que entrega calor para rejuvenescer o tecido. “O procedimento entrega calor a uma temperatura sustenta por volta de 45ºC, sem risco de sobreaquecimento dos tecidos e sem desconforto ao paciente. Os estudos clínicos revelam que o colágeno na pele encolhe, o que garante melhora na firmeza da pele da região”, explica dermatologista Dra. Thais Pepe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. O procedimento é exclusivo do equipamento ThermiRF, disponível na clínica Thais Pepe Dermatologia.
 
 
 
De acordo com a dermatologista, quando a pele é aquecida a este nível, um processo inflamatório está envolvido, que pode estimular os fibroblastos para produzir novo colágeno durante um período de tempo. “Com isso, o procedimento também promove aumento da espessura da pele, melhorando também sua qualidade”, afirma.
 
 
 
Como funciona — Após a aplicação de uma pequena quantidade de gel, a “caneta” ThermiSmooth é aplicada na superfície da pele. “A ponteira é suavemente movimentada de uma forma circular enquanto gradualmente aquece a superfície da pele. Como a temperatura da pele aumenta com a temperatura alvo, o sistema do equipamento ThermiRF ajusta automaticamente a energia de saída para assegurar a precisão de aquecimento”, afirma.
 
 
 
 
Procedimento nao invasivo21
 
 
 
 
 
 
Segundo a médica, uma pequena zona (como área dos olhos e pálpebras) é tratada durante cerca de cinco minutos para se conseguir o objetivo de aquecimento sustentado nos tecidos. “Nesse período os movimentos são repetidos várias vezes, para atingir o resultado desejado”, pontua.
 
 
 
O procedimento não tem downtime (tempo de recuperação). “Os primeiros efeitos da técnica podem ser vistos após uma semana e os resultados finais após três meses”, afirma. O procedimento é feito de três a seis sessões, dependendo da necessidade do paciente.
 
Não há contraindicação com relação a fototipos mais altos (o procedimento não causa hiperpigmentação pós-inflamatória).
 
 
 

Sigam @pautadeluxo no Instagram  

Compartilhar

Comentário

Instagram

siga-nos

Receba novidades e promoções por e-mail: