TÉCNICA INOVADORA DE REESTRUTURAÇÃO FACIAL É APRESENTADA NOS CONSULTÓRIOS DE DERMATOLOGIA

30 Maio 2017

tecnica inovadora contra rugas11

Foto Arquivo Google

 

Procedimento é feito a partir de uma avaliação global do rosto e utiliza o preenchedor em áreas que apresentam desproporções e perdas do tecido gorduroso



As alterações que ocorrem durante o envelhecimento são cada vez mais compreendidas e estudadas. Hoje sabemos que nossos telômeros encurtam e nossas células são constantemente oxidadas. Além disso, ocorre desgaste do processo de restauração, pois as células tronco também sofrem exaustão. Baseado em conhecimentos científicos, são oferecidos vários recursos, que melhoram a aparência, e, portanto, também elevam a auto estima. Dentre os inúmeros recursos para preservar a juventude da pele e do rosto, contamos com as técnicas de preenchimento que devolvem volume e harmonizam a face. Tudo começou com preenchimento dos sulcos e das rugas, passando pela reposição de volume e restauração do contorno, até chegar na reestruturação.

Atualmente não só pensamos em 3 dimensões, como também em pontos de sustentação, além de vetores de levantamento, que favorecem o aspecto de harmonia de cada rosto. Nesse contexto, é que está inserida a nova técnica denominada MD CodesTM, remetendo ao nome de códigos médicos. Esta técnica preconiza a avaliação global do rosto, com atenção as desproporções e perdas do tecido gorduroso, vazios e sombras e repercussões de movimentos de cada indivíduo. A partir desta avaliação completa, utiliza-se o preenchedor em determinados pontos, chamados códigos, que favorecem o levantamento facial e também reestruturam áreas já muito fragilizadas. Trata-se de técnica de preenchimento, utilizando-se o conhecido ácido hialurônico, porém com a criatividade de Oscar Niemeyer e o conhecimento técnico de Ivo Pitanguy.

 

 

imagem release 956322 1

 



Cada caso deve ter o seu projeto, tanto técnico, como financeiro bem embasados no conhecimento da anatomia e fisiologia. Os códigos são referências especiais para esse tipo de tratamento e contribuem para um melhor entendimento do conjunto de estruturas que compõe a face humana. As áreas envolvidas na aplicação dos MD Codes™ compreendem toda a região dos olhos, região malar, lábios, área do queixo e contorno facial. Dependendo da situação, quando bem indicada e na hora certa, essa técnica pode equivaler a uma cirurgia plástica, preservando a anatomia e as proporções individuais, visando o rejuvenescimento global e não apenas localizado.

Os pontos mais interessantes de levantamento localizam-se na área zigomática e na região temporal. Após a aplicação nesta região, as pacientes muitas vezes não precisam de maior quantidade de preenchedor no chamado bigode chinês. A grande novidade é aplicar na região do contorno facial e também na região do queixo, produtos que estimulam a formação de colágeno. Os produtos utilizados no momento são aprovados pela ANVISA e podem projetar a pele e/ou melhorar a quantidade de colágeno. A região do queixo e também a área da mandíbula são responsáveis, em parte, pela definição do contorno facial. Quando esse contorno é indefinido, perdemos a harmonia da face e, consequentemente, envelhecemos precocemente. Nesta área do contorno facial, pode ser aplicado tanto o ácido hialurônico, como a hidroxiapatita de cálcio. O produto é aplicado em pontos específicos do queixo dependendo da necessidade de cada um.

É importante ressaltar que o procedimento sempre deve ser precedido de um histórico completo, avaliando possíveis riscos em relação ao mesmo. Deve ser evitada a escolha de pacientes com doenças autoimunes, como lúpus e dermatomiosite, assim como, também devem ser evitados pacientes em uso de drogas que possam provocar sangramento como ginkgo-biloba e vitamina E. No dia do procedimento, toda a maquiagem deve ser retirada do rosto que deve ser higienizado de forma rigorosa. O ambiente deve ser cirúrgico, com toda a assepsia compatível com o mesmo e o procedimento deve ser sempre realizado por médico. O conhecimento profundo da anatomia e áreas de risco é fundamental. O rosto deve ser avaliado de forma completa e os pontos de aplicação são então definidos. Não há idade especifica e mesmo pessoas mais jovens podem receber a aplicação de preenchedores para evitar a flacidez e a perda do tônus facial. 



*Dra. Denise Steiner

www.denisesteiner.com.br

 Dra. Denise Steiner é médica pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da qual foi presidente entre os anos de 2013 e 2014. Atualmente, a dermatologista é Coordenadora Científica da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Dra. Denise Steiner também é especialista em Hansenologia, em Saúde Pública e em Medicina do Trabalho, além de ser Doutora em Dermatologia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Também é autora de várias publicações de reconhecimento nacional e internacional, entre elas: “Calvície – Um assunto que não sai da cabeça”, “Beleza sem Mistério” e “Envelhecimento Cutâneo”.


Sigam @pautadeluxo no Instagram  

Compartilhar

Posts Relacionados

Mais Recentes

Instagram

siga-nos

Receba novidades e promoções por e-mail: